replica rolex rolex is still the best choice inside of the global watch market sector.
diamond painting made in usa.

what companies are selling legit cheap sex doll?

Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Rede NanoSaúde está no ar (2)

Publicado: Sexta, 03 de Fevereiro de 2023, 12h26 | Última atualização em Sexta, 03 de Fevereiro de 2023, 17h03 | Acessos: 49

Está sendo lançada hoje, 03/02, a página da Rede NanoSaúde, rede de laboratórios ligados a universidades e centros de pesquisa do Estado do Rio de Janeiro voltada para o desenvolvimento de novas tecnologias e serviços em Nanotecnologia aplicados à saúde. A NanoSaúde é uma das redes de Nanotecnologia apoiadas pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ).

 

Dentro da plataforma, empresas e profissionais da saúde terão acesso às pesquisas e tecnologias desenvolvidas pela NanoSaúde, serviços tecnológicos e consultorias nas áreas de preparação de biomateriais, avaliações biológicas e toxicológicas e análises in vitro e in vivo. As empresas do setor da saúde, público e privado, terão um canal de contato para parcerias voltadas ao desenvolvimento de nanoprodutos ou serviços.

 

Conhecimento multidisciplinar e tecnologia apoiando a cura

 

 A Rede presta apoio a empresas e empreendedores, além de informar sobre os avanços mais recentes da nanotecnologia na saúde, divulgação de editais, oportunidades de bolsa de estudos e contratos de trabalho. Cursos serão oferecidos tanto pela Rede como por outros parceiros.

 

 Atualmente integra 28 laboratórios de universidades e centros de pesquisa, entre estes o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Instituto Nacional de Câncer (INCA), a Fundação Centro Universitário da Zona Oeste do Rio de Janeiro (UEZO), a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

 

 A NanoSaúde tem como proposta a produção de conhecimento científico e o desenvolvimento de nanoprodutos eficazes e seguros para a saúde. Conta já com cerca de 200 artigos publicados nas mais conceituadas revistas internacionais, cinco startups parceiras, assim como mais de 17 tecnologias em desenvolvimento, algumas destas em fase de testes clínicos e de nível de maturidade tecnológica TRL 6.

 

 “O foco da rede é desenvolver novas propostas de nanoprodutos para a regeneração de tecidos humanos e animais, tratamentos de traumas, tumores e processos infecciosos. Somos compostos de mais de 40 pesquisadores de alto renome em diferentes áreas, tais como: física, engenharia de materiais, biologia, química, engenharia, medicina, odontologia e farmácia. Nossa equipe de materiais fabrica estruturas com base em metais, polímeros, grafenos, óxidos de ferro, sílica, fosfato de cálcio e diferentes compósitos. Esta capacidade multidisciplinar nos permite o avanço mais rápido de muitas tecnologias”, avalia a equipe que coordena a Rede e que é liderada pelo pesquisador do CBPF, o físico Alexandre Rossi.

 

Atuação Translacional

 

A Rede trabalha com o conceito da pesquisa translacional onde os grupos de pesquisa atuam em todas as etapas de desenvolvimento do nanoproduto, desde o seu desenho, passando pela preparação e caracterização físico-química, até os testes biológicos pré-clínicos e clínicos necessários para a avaliação de segurança e eficácia. O objetivo final é a produção de conhecimento científico e geração de novas tecnologias, melhorando a qualidade e segurança dos produtos para saúde e proporcionando benefícios diretos aos principais interessados neste processo: os pacientes.

 

Mais informações:

 

 Plataforma: https://redenanosaude.com.br

 LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/rede-nanosaude

Instagram: https://www.instagram.com/rede.nanosaude

Youtube: https://www.youtube.com/@redenanosaude

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página